close
logorovivo2

Justiça condena Dafiti por atrasos na entrega de produtos

A empresa fica sob pena de multa de R$ 1.000 a cada ocorrência.

DA REDAÇÃO

4 de Setembro de 2014 às 09:30

Justiça condena Dafiti por atrasos na entrega de produtos

FOTO: (Divulgação)

A justiça do Rio de Janeiro condenou o site de compras Dafiti por desrespeitar prazos de entrega de produtos diversas vezes e pela desativação de seus canais de atendimento ao consumidor, especialmente o telefônico, informou o Ministério Público estadual nesta quarta-feira.

A decisão determina que as entregas sejam realizadas dentro do prazo e, em caso de atraso, o consumidor deve receber a mercadoria e a quantia equivalente a 30% do valor total pago pelo produto. Se preferir, o consumidor pode optar pela devolução do que foi pago acrescido de 30% do total do valor. A empresa fica sob pena de multa de R$ 1.000 a cada ocorrência.

A liminar deferida pelo juiz Gilberto Clovis Farias Matos, da 3ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro, também obriga que a empresa restabeleça os serviços de atendimento ao consumidor por meio de chat, e-mail e telefones gratuitos, entre outros.

Outro lado

A Dafiti informou que não recebeu nenhuma notificação do Ministério Público do Rio de Janeiro. A empresa também disse que passou por uma “migração de sistema, já concluída, e que o impacto ao cliente já foi reduzido significativamente”.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS