close
logorovivo2

Homem que usou motosserra em esquartejamento diz que queria se vingar de abuso sexual

Homem que usou motosserra em esquartejamento diz que queria se vingar de abuso sexual Trabalhador rural também alegou que estava irritado porque "o povo o fazia de bobo"

DA REDAÇÃO

28 de Abril de 2014 às 07:58

Homem que usou motosserra em esquartejamento diz que queria se vingar de abuso sexual

FOTO: (Divulgação)

O homem que usou uma motosserra para esquartejar vítima na porta de casa de prostituição de Itaguara, na região central de Minas, disse que o crime foi uma vingança por ter sido abusado sexualmente quando era criança.

Após ser preso, Nivair Geraldo da Silva, de 28 anos, reclamou do pouco espaço em viatura em que foi transportado até delegacia e, durante depoimento, afirmou que queria matar alguém para se vingar. Já durante entrevista à TV Record o criminoso falou que cometeu o cruel crime porque "o povo o fazia de bobo".

— Eu ia trabalhar e o povo me fazia de bobo. Ficavam me enrolando. Marcava de fazer um serviço e não ia. Eu perdi a paciência.

Silva escolheu aleatoriamente quem iria atacar e ligou o equipamento no braço da vítima. Alexandre da Fonseca Resende, de 29 anos, teve o braço decepado e tentou correr, mas foi perseguido e ainda teve o outro braço, as costas e o pescoço perfurados. Ele foi abordado quando esperava amigo na porta da boate, que fica às margens da BR-381.

Depois do crime, Silva chegou a invadir a casa de prostituição, quando as garotas de programa foram ameaçadas de morte e só escaparam porque se esconderam dentro de um dos quartos e uma viatura da polícia passou pelo local.

Assustado com a chegada dos militares, o bandido tentou fugir para uma estrada próxima, mas foi preso em seguida. Ele estava calmo no momento da detenção, não ofereceu qualquer resistência e confessou o crime com frieza.

As prostitutas tentaram socorrer Resende, mas ele faleceu na sequência. Elas contaram para a polícia que o trabalhador rural também disse que queria matar todo mundo por causa dos abusos que sofreu quando era criança.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS