close
logorovivo2

Cidade que vai receber seleção alemã decreta calamidade após cheia

Entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, choveu entre 120 e 200 milímetros na região. Segundo a Defesa Civil do Estado da Bahia, cerca de 900 pessoas estão desabrigadas, 285 casas foram inundadas e nove soterradas. Não houve registro de mortos ou

DA REDAÇÃO

9 de Abril de 2014 às 14:10

Cidade que vai receber seleção alemã decreta calamidade após cheia

FOTO: (Divulgação)

Prestes a receber a seleção alemã para a Copa do Mundo, a cidade de Santa Cruz Cabrália, no extremo sul baiano, decretou estado de calamidade pública após um temporal registrado no último final de semana.

Entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, choveu entre 120 e 200 milímetros na região. Segundo a Defesa Civil do Estado da Bahia, cerca de 900 pessoas estão desabrigadas, 285 casas foram inundadas e nove soterradas. Não houve registro de mortos ou feridos.

Entre as regiões afetadas pelo temporal está o povoado de Santo André, onde a seleção da Alemanha está erguendo seu centro de treinamento, o Campo Bahia. Suas principais ruas foram alagadas após a inundação do rio João de Tiba, que separa a vila do centro da cidade. A água também atingiu parte das casas, e moradores perderam móveis e eletrodomésticos.

Apesar da inundação, as obras de construção do campo de treinamento e do condomínio onde a seleção alemã ficará hospedada durante a Copa foram retomadas hoje.

Um dos responsáveis pela obra informou que não haverá atrasos no cronograma, que prevê a entrega dos empreendimentos até maio. A obra é orçada em R$ 35 milhões.

Desabrigados

Com as casas alagadas, as famílias foram alojadas em escolas municipais da cidade.

Um trecho da rodovia BR-367 foi interditado após parte do asfalto ceder, e o acesso a Santa Cruz de Cabrália foi comprometido. A via será utilizada pela seleção alemã durante a Copa nos deslocamentos para o aeroporto de Porto Seguro (a 22 km de Cabrália).

Segundo a Prefeitura de Santa Cruz de Cabrália, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) foi informado da situação e prometeu recuperar a via.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS