close

OPORTUNIDADE: Inscrições abertas para 1º encontro Agro Mulheres Rondônia

Evento será dia 14/3, em Ariquemes, e reunirá mulheres integrantes de toda a cadeia agro do estado.

ASSESSORIA

2 de Março de 2020 às 11:34

.

 

A produção agropecuária em Rondônia tem significativa importância do ponto de vista socioeconômico. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, em 2017 o setor foi responsável por R$ 5.876 bilhões, o que corresponde a 13,5% do Produto Interno Bruto - PIB estadual. Neste contexto, as mulheres têm participação ativa e está sendo cada vez mais fortalecida e qualificada. Assim como ocorre em todo o País, há no estado uma forte tendência para a maior atuação da mulher no agronegócio como um todo, abrangendo as mais diversas áreas.

 

O 1º Café com Conteúdo Agro Mulheres Rondônia será realizado no dia 14 de março, das 14h às 17h, na propriedade do grupo Céu Azul, localizada na cidade de Ariquemes, na RO 205 km, 1 - BR 364, no trevo de acesso à Cujubim. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas online, no endereço: http://bit.ly/2ubZyYC. Mais informações no Instagram @agromulheresrondonia.

 

Este evento é para as mulheres que atuam no setor do agro, seja no campo, em serviços, comércio, vendas, extensão rural, pesquisa, comunicação, administração, advocacia, contabilidade, startups, e muitas outras áreas ligadas a este pujante setor do estado. A proposta é levar conhecimento, trocas de experiências, conectar e promover a interação entre estas mulheres. Assuntos como gestão, sucessão familiar, protagonismo feminino e casos de sucesso no agronegócio do estado serão foco do evento. “Queremos conhecer as mulheres do agro de Rondônia, nos conectar, inspirar e fortalecer nossa atuação por meio do acesso ao conhecimento, treinamentos e informações”, afirma uma das idealizadoras do movimento Agro Mulheres Rondônia, a contadora Beatriz Rosa.

 

Panorama das Mulheres no Agro – Segundo a história da agricultura, foram elas que plantaram as primeiras sementes. As mulheres sempre estiveram envolvidas no agronegócio, mas seu trabalho era invisibilizado, nos bastidores, ficando à parte da gestão. As questões financeiras acabavam ficando sob a responsabilidade dos maridos, pais ou irmãos. Mas isso está mudando, a mulher está tomando as rédeas da gestão, se envolvendo mais nos negócios e na parte financeira dos empreendimentos, sejam eles pequenos ou grandes, o que acaba dando mais visibilidade.    

 

Uma pesquisa inédita divulgada em 2018, realizada pela Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio – ABMRA revelou que a mulher que atua no agro brasileiro possui escolaridade alta e independência financeira. Os dados mostram que ela procura inovações, tem uma visão ampla do negócio e é comunicativa. Elas atuam nas mais diferentes atividades que compõem o meio rural e estão cada vez mais presentes como sucessoras, colaboradoras e empreendedoras. Estudos demonstram que, diferente dos homens, as mulheres têm buscado cada vez mais profissionalização, desde a formação acadêmica, nas áreas de veterinária, agronomia, administração, zootecnia, que em sua maioria são compostas por mulheres, até a especialização, em mestrados, doutorados ou cursos profissionalizantes.

 

Vantagens das Mulheres no Agro – Elas inserem no mercado um novo olhar, são mais comprometidas com a questão social, e a sustentabilidade. Promovem um direcionamento para uma realidade mais compartilhada e distribuída de responsabilidades. Pesquisas apontam que quanto mais as mulheres participam do mercado, mais elas investem em educação, saúde e bem-estar dos filhos, o que dá suporte ao desenvolvimento humano. Quando o assunto são as finanças, elas estão sujeitas a menos riscos.

 

O que Elas querem? Fazer parte das tomadas de decisão, assumindo cargos de gestão por competência; reconhecimento de seu trabalho por meio de salários justos; aprofundar seus conhecimentos em temas relacionados ao campo, à formação profissional, em gestão de pessoas, gestão de negócios, finanças, tecnologia e inovação. Querem quebrar preconceitos e somar esforços ao que vem sendo realizado em prol do Agro do estado e do País.

 

Movimento Agro Mulheres Rondônia – Sem fins lucrativos e conduzido por voluntárias, surgiu em 2019, com a contadora que atua diretamente com o universo agro, Beatriz Rosa, e a produtora rural, Antonielly Rottoli. Unidas pelas dificuldades enfrentadas por atuarem em áreas ocupadas prioritariamente por homens, elas buscaram forças para seguirem seus sonhos e ajudarem outras mulheres a também serem protagonistas de suas histórias. “Quando percebemos que era possível, passamos a ser um movimento que é capaz de transformar histórias e resgatar o protagonismo dessas mulheres, trazer aos olhos um brilho incrível e transformador”, conta Beatriz.

 

Em pouco tempo, este esforço já integra hoje mais de mil mulheres nas redes sociais do Agro Mulheres Rondônia, no Instagram e facebook, e mais de 120 em um grupo no WhatsApp, em que mulheres de todas as regiões do estado e das mais diversas cadeias ligadas ao agro participam ativamente: produtoras, empresárias e comerciantes do agro, pesquisadoras, contadoras, administradoras, advogadas, vendedoras, comunicadoras, extensionistas rurais, professoras e outras tantas profissões e áreas que fazem do agronegócio a força deste País.

 

Para fortalecer ainda mais este movimento, surgiu a ideia do 1º Café com Conteúdo Agro Mulheres Rondônia, um encontro que já está rolando nas redes sociais há um bom tempo e que agora quer levar conhecimento, trocas de experiências e conectar ainda mais mulheres do agro em Rondônia. Ariquemes foi escolhida a cidade sede desta primeira ação, por ser na região do Vale do Jamari onde se encontra a maior concentração das mulheres agro participantes do grupo.

 

Beatriz destaca que o movimento nasceu para conectar as mulheres que atuam no agro em Rondônia e também se unir ao movimento nacional e somar esforços em prol e defesa do setor. Quer promover trocas de conhecimentos e experiências, inspirar e fortalecer as mulheres por meio do acesso ao conhecimento. “Defendemos a quebra de barreiras para a atuação das mulheres em todas as áreas do Agro, incluindo a gestão e com salários justos. Assim como dar visibilidade ao papel das mulheres envolvidas em todas as cadeias ligadas a este setor”, conclui.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

13h30 - 14h: Credenciamento

14h - 14h25: Abertura

14h25 - 14h45: Palestra – “Sucessão Familiar” – Aline Leon¹

14h50 - 15h30: Palestra – “Protagonismo Feminino no Agro” – Camila Costa²

15h35 - 15h55: Palestra – “Gestão no Agronegócio” – Beatriz Rosa³

16h - 16h55: Painel conduzido pela jornalista Carolina Brazil e convidadas de diversas cadeias do agro

16h55 - 17h: Aprovação do Estatuto Agro Mulheres Rondônia

17h: Prosa Agro

 

Conheça as palestrantes:

 

1. Aline Leon – Professora universitária, advogada, pós-graduada em Processo Civil e Direito Tributário voltado ao agronegócio. 

 

2. Camila Xavier Costa - Engenharia agrônoma, mestre em produção animal, especialista MBA em perícia, auditoria e gestão ambiental, agro coach, atua em movimentos mulheres no agro em diversos locais do Brasil.    

 

3. Beatriz Rosa - Contadora especializada no agronegócio, empresária contábil e atua há mais de 3 anos nas áreas de custos, planejamento tributário, estratégico, gestão financeira e de pessoas. Tem especialização MBA em agronegócios pela USP/Esalq.  

 

PARCEIROS

 

Este evento é uma realização do Movimento Agro Mulheres Rondônia e conta com a parceria da Rovema Agronegócios, Rical, Bayer, Laboratório Solo Mais, Amaggi, Aprosoja, Agropecuária Espírito Santo, Boasafra e TRR Ariquemes Transportes. Conta também com o apoio da Embrapa Rondônia e SENAR Rondônia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS