close

PECUÁRIA: Produtores de Rondônia apostam em nova tecnologia para o leite

Para adotar alta tecnologia produtores precisam adequar aos padrões suas instalações e manejo do rebanho

AGRO RONDÔNIA

3 de Setembro de 2019 às 15:08

PECUÁRIA: Produtores de Rondônia apostam em nova tecnologia para o leite

FOTO: (Divulgação)

No cone sul de Rondônia os produtores rurais demonstram entusiasmo com o uso das novas tecnologias de produção, são técnicas apresentadas pelos extensionistas da Emater-RO, que neste mês de agosto completa 48 anos da sua fundação, em função da época do ano, eles estão dando ênfase a pecuária leiteira, com a realização de diversos eventos educativos, fizeram um dia de campo em colorado com foco na transferência de embriões, projeto iniciado com adesão dos produtores, e que já conta com 144 bezerros nascidos, diz a extensionista Ana Paula de Colorado.

 

Nesta sexta-feira, dia 30, os produtores de Cerejeiras participam de um dia de campo com foco em três temas fundamentais para a modernização da produção leiteira, alimentação com uso de silagem, melhoramento genético, através do método FIV (fertilização in vitro), e boas práticas para a qualidade do leite.

 

Com a adoção das tecnologias propostas, os produtores de Rondônia poderão superar as médias de produtividade alcançadas nas principais regiões produtoras de leite do país. Hoje a produtividade média no estado é de 4,8 litros de leite por vaca dia, índice próximo da média nacional que é de 5,6 litros por vaca dia, diz o zootecnista José Renato da Emater-RO.

 

Os números de produtividade média de leite, no estado e no país, ainda são baixos, em relação aos grandes produtores mundiais, mas a pecuária leiteira é umas das atividades econômicas do estado que mais se desenvolveu, prova disso são os concursos leiteiros realizados pela Emater-RO, que revelaram animais de produtores assistidos, com produtividade diária acima de 40 litros.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS