close
logorovivo2

ATIVIDADES EXTRATIVISTAS: Indígenas de 54 povos são beneficiados com equipamentos de apoio

Uma minuta assinada pelo governador também foi entregue aos indígenas legalizando a produção para comercialização pelos índios

SECOM

5 de Dezembro de 2018 às 14:24

ATIVIDADES EXTRATIVISTAS: Indígenas de 54 povos são beneficiados com equipamentos de apoio

FOTO: (Secom)

O povo indígena Paeté Suruí comemorou, no final tarde desta segunda-feira (3), a entrega de nove tratores, nove carretas agrícolas, sete grades aradoras, um caminhão caçamba, e um equipamento completo de beneficiamento de castanha, a serem utilizados pelos 54 povos indígenas do estado que produzem, principalmente, café, farinha, castanha, açaí e banana. O evento aconteceu no Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei Vilhena), instalado na cidade de Cacoal.

 

A entrega foi realizada pelo governador Daniel Pereira, que assinou junto aos representantes indígenas, a Fundação Nacional do Índio em Rondônia (Funai-RO) e a secretária Mary Braganhol, da Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri), um Acordo de Cooperação Técnica de apoio às atividades extrativistas em áreas indígenas.

 

Uma minuta assinada pelo governador também foi entregue aos indígenas legalizando a produção para comercialização pelos índios. O povo Suruí vive em uma área de 240 hectares de terra, com cerca de 2 mil pessoas e segundo o coordenador da Funai-RO, Ricardo Prado, somente de castanha foram produzidas na última safra 210 toneladas. “O benefício é muito bem-vindo, e nós esperamos que essas ações possam também ajudar na valorização da produção, que já vem melhorando, assim como o café”, declarou.

 

 

Um Termo de Cooperação Técnica foi assinado para o apoio aos povos indígenas. Foto:Secom

 

 

Henrique Suruí, cacique geral da etnia, disse estar preocupado com o cenário político atual. “Não sabemos como será o futuro dos povos indígenas, mas somos muito gratos pelo apoio que recebemos e a atenção que nunca tivemos antes desta gestão. Essa iniciativa vai ficar marcada na nossa história”.

 

Wellington Gavião, à frente da Coordenação dos Povos Indígenas de Rondônia, destaca a importância da gestão ter incluído o olhar específico voltado para as necessidades indígenas e considera um avanço para os povos.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS