close
logorovivo2

REFLORESTAMENTO: Estudantes buscam aprendizado durante o 4º Seminário de Floresta Plantada

Os conhecimentos adquiridos nas palestras e nas aulas práticas realizadas na usina de tratamento de madeira e fazendas de pinus e eucaliptos visitados despertaram o abrir o próprio negócio

ASSESSORIA

27 de Agosto de 2018 às 16:32

REFLORESTAMENTO: Estudantes buscam aprendizado durante o 4º Seminário de Floresta Plantada

FOTO: (Divulgação)

 

Um grupo de 30 estudantes de Engenharia Florestal elevaram os conhecimentos em até 80% durante o 4º Seminário sobre Floresta Plantada, realizado de 23 a 25 deste mês, na Associação Vilhenense de Educação e Cultura (Avec), em Vilhena. A participação dos estudantes no evento foi de aliar teoria à prática como elemento primordial na formação profissional. Caio Bispo Ferreira disse que absorveu 80% do conteúdo apresentado no evento.


“Tive uma visão mais clara sobre o potencial mercado de trabalho que vou enfrentar já no próximo ano quando me formar”, disse Caio Ferreira, numa reflexão singular sobre a participação dele nos painéis apresentados no seminário. “Na minha avaliação tive um aproveitamento de 80% de todo o evento”, afere o acadêmico de Porto Velho.



Os conhecimentos adquiridos nas palestras e nas aulas práticas realizadas na usina de tratamento de madeira e fazendas de pinus e eucaliptos visitados despertaram em Caio o desejo de abrir o próprio negócio, mesmo antes de se formar engenheiro florestal. “Estreitamos relações em Vilhena visando a construção de um negócio comercial a partir de subprodutos de eucalipto”, anunciou.



Adriana Ferreira de Paula participou pela primeira vez do seminário que normalmente é realizado em Vilhena pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e parceiros. “Considero 70% de aplicação no evento. Tivemos oportunidade de enriquecer o conhecimento e isso foi maravilhoso para nossa formação”, declarou a estudante.



A participação no seminário para os estudantes que já concluíram a metade do curso superior é uma proposta do professor Edgar Menezes Cardoso, da disciplina Silvicultura. “Estas aulas extraclasse são valiosas na formação do estudante devido à vivência prática. Vai valer pontuação”, disse o professor. “Esse intercâmbio, tecnologias e novas áreas de atuação aprimora na formação dos nossos acadêmicos”, reforça o coordenador do curso, Eugênio Pacelli Martins, da Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia (Faro).
 

 

REFLORESTAMENTO: Estudantes buscam aprendizado durante o 4º Seminário de Floresta Plantada

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS