close
logorovivo2

PRODUÇÃO: Apesar das perdas pontuais, produtores terão safra de milho histórica este ano

Produção e produtividade em Cerejeiras variam em cada propriedade

FOLHADOSULONLINE

26 de Julho de 2018 às 15:12

PRODUÇÃO: Apesar das perdas pontuais, produtores terão safra de milho histórica este ano

FOTO: (Divulgação)

A colheita de milho está em andamento na região do Cone Sul de Rondônia. Os produtores de grãos dos dois municípios mais produtivos do Estado, Cerejeiras e Vilhena, esperam colher uma boa safra neste ano.



Em Vilhena, com 40 mil0 hectares dedicados ao cultivo do milho, três condições contribuem para que a safra deste ano seja muito boa: os constantes investimentos em adubação e em tecnologia, feitos pelos produtores rurais, o clima adequado deste ano para a lavoura e o profissionalismo dos agricultores, que plantaram na época certa e estão colhendo também no momento propício. No município vilhenense, a expectativa é que a produção de milho deste ano seja de 15% a 20% maior que a do ano passado, segundo uma reportagem do jornal publicada há duas semanas. Alguns produtores vilhenenses poderão ter perdas pontuais na hora de vender a produção, pois o milho passa por um teste de qualidade (se está encharcado, por exemplo) no momento da comercialização.



Na região de Cerejeiras, que concentra uma área de cerca de 140 mil hectares de área dedicada à agricultura em três municípios, a safra deste ano também não será ruim. Segundo o presidente do Sindicato Rural de Cerejeiras, Jair Roberto Gollo, ainda não é possível ter uma noção exata da produtividade e da produção deste ano, mas já se sabe que o saldo geral tem tudo para ser positivo. “Alguns produtores reclamam de perdas pontuais, mas de modo geral acredito que safra será semelhante a do ano passado, que não foi ruim”, disse.



O plantador Claudiney Demarco, de Cerejeiras, está otimista com a safra do milho deste ano. “Estou colhendo uma média de 110 sacas por hectare”, disse o produtor rural.



Para o agrônomo Hugo Dan, que dá consultoria para diversos produtores rurais na região de Cerejeiras, o resultado da safra deste ano será variável. “Há produtores que vão colher 120 sacas por hectare. Já outros vão colher uma média de 70 por hectare. Não há uma uniformidade de resultados nesta colheita. Os resultados dependem dos investimentos feitos pelo produtor, dentre outros fatores. Os investimentos em melhoria das terras são baixos, porque a maioria das áreas da região de Cerejeiras são arrendadas, e grande parte delas por um prazo curto, de um a dois anos. Sendo assim, fica inviável o produtor fazer investimentos nas propriedades”, afirma o agrônomo.



A colheita nos dois municípios termina em cerca de 15 dias.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS